Dúvidas


Esclareça Aqui Suas
Principais Dúvidas


Basta clicar na pergunta

1. Quais os exames devo trazer para o médico da Cintimed?
A regra básica é trazer os exames que estão relacionados aos órgãos estudados. Por exemplo: - Trazer USG e tomografia abdominal, além de urografia excretora e exames de sangue, quando for realizar cintilografia renal; - Trazer as biópsias e cintilografias anteriores, quando o paciente estiver em tratamento de câncer; - Etc...
2. A Medicina Nuclear utiliza contrastes?
Não. A Medicina Nuclear não utiliza contrastes. Todas as injeções aplicadas são chamadas de rádio traçadores que, basicamente refletem o funcionamento do órgão desejado. Sendo assim, o corpo não reconhece essas injeções como "estranhas" e, portanto, são raríssimas ou inexistentes as reações alérgicas.
3. Estou grávida, posso fazer uma cintilografia?
Não. A gravidez impossibilita a realização de qualquer cintilografia, pois será utilizado material radioativo.
4. Estou amamentando, posso fazer uma cintilografia?
Neste caso o risco-benefício deverá ser avaliado pelo médico solicitante. Via de regra, a amamentação não contraindica a realização do exame, sendo necessária apenas a suspensão temporária, em média 24 horas. Não esqueça de ordenhar o leite, para evitar mastite.
5. As minhas regras estão atrasadas, posso fazer uma cintilografia?
Se a paciente estiver em idade fértil, é aconselhável realizar um teste de gravidez antes de fazer o exame. De qualquer forma, informe ao médico da CINTIMED sobre o atraso menstrual.
6. Estou fazendo quimioterapia, posso fazer uma cintilografia?
Sim. As injeções realizadas para fazer as cintilografias não interferem no tratamento quimioterápico.
7. Tenho outro exame marcado no mesmo dia da cintilografia, o que devo fazer?
As cintilografias não interferem na realização de outros estudos. De qualquer forma, é aconselhável avisar as outras clínicas, que podem tomar a liberdade de reagendar os seus exames.
8. O que são radiofármacos?
São substâncias radioativas que são utilizadas pela medicina nuclear tanto no diagnóstico quanto também em tratamentos de doenças
9. De que forma eles atuam no organismo?
O radiofármaco é utilizado para acompanhar o funcionamento dos órgãos e tecidos vivos como o coração, cérebro, tireoide, rins, fígado e pulmões, avaliação de doenças nos ossos, além do diagnóstico de tumores.
10. O que podemos ter como resultado com a contribuição dos radiofármacos para o resultado terapêutico?
Menos recorrência da doença, maior sobrevida, e sempre melhor qualidade de vida.
11. A medicina nuclear pode ser usada em procedimentos de pediatria?
Os procedimentos de medicina nuclear são extremamente úteis para as crianças, por serem pouco invasivos e capazes de detectar alterações funcionais decorrentes de algumas doenças, antes que outros métodos de imagem sejam capazes de realizá-lo. Sendo assim, é possível um diagnóstico mais precoce, a introdução mais rápida ao tratamento e monitoramento da resposta terapêutica.
12. Tem alguma contraindicação para os exames de medicina nuclear?
É raro a história de alergia importante ao uso de substâncias radiomarcadas. Pacientes grávidas e pacientes que amamentam, dependendo do exame a ser realizado, são orientadas a não realizar o exame ou a suspender amamentação por curto período de tempo.
Whatsapp
WhatsApp chat